sexta-feira, 29 de janeiro de 2010

Morte de feto na maternidade Darcy Vargas não gera indenização a mãe

O Tribunal de Justiça confirmou, em decisão unânime, confirmou a sentença que negou o pedido formulado por Sandra Cunha de Oliveira contra a Maternidade Darcy Vargas, em Joinville.

Segundo os autos, no dia 3 de outubro de 1994, Sandra – sentindo fortes dores de parto internou-se nas dependências do hospital para o nascimento de sua filha. Durante a cesariana, contudo, a criança faleceu. Na declaração de óbito consta que a menina morreu de insuficiência cardio-respiratória, sofrimento fetal agudo e sífilis congênita.

Ao receber a certidão, Sandra discordou do diagnóstico e argumentou que os exames médicos a que se submeteu durante a gestação não acusaram qualquer doença no feto. Ela afirmou que a causa preponderante para o óbito foi a negligência do plantonista, uma vez que retardou a realização da intervenção cirúrgica.

Argumentou ainda que se sua filha tivesse sido retirada em tempo hábil, poderia ter sido submetida ao tratamento médico necessário. Sandra ajuizou ação, na qual pleiteou pensão alimentícia mensal no importe de 2/3 do salário mínimo, desde o dia da morte da vítima até a data em que ela completaria 25 anos, constituição de um capital a fim de assegurar o cumprimento da obrigação e indenização por danos morais.

A Maternidade Darcy Vargas, em sua defesa, alegou que a menina não chegou a ser reconhecida civilmente, o que não afetou o patrimônio de seus pais, que em nada foi diminuído frente à fatalidade na qual resultou sua morte.

Para o relator do processo, desembargador Vanderlei Romer, consta que a morte do feto foi consequência de uma conjunção de fatores que não guardam relação com o tempo que se levou até a realização da intervenção cirúrgica, bem como a sífilis congênita pode levar, por si só, ao falecimento do feto, ainda mais quando associada às demais causas apontadas na certidão e confirmadas no laudo médico.

“Porém, embora compreensível e mais do que justificável a dor e até mesmo a revolta da mãe da menina, a prova coligida não autoriza o reconhecimento de que o médico tenha agido com culpa”, finalizou o magistrado.

10 comentários:

Kátia disse...

Infelizmente pouca gente sabe que a maternidade Darcy Vargas é o pior lugar para se ter um filho.
O que eles mais prezam na maternidade é ser o primeiro em número de partos normais - e ganham prêmios por isso -, fato este que levam os responsáveis a ordenar que somente em caso de urgência seja feita uma intervenção cirúrgica. Quando, na maioria dos casos, já é tarde demais, vindo a falecer, geralmente o bebê.
Descobri isso, depois que minha prima teve sua filhota lá, e quase a perdeu, que na mesma noite, quatro bebês vieram a óbito.
Isso deve ser denunciado. Mas infelizmente o status fala mais alto que a vida das pessoas.

Anônimo disse...

Vao tomar no cu seus filhos da puta... vao ter seus filhos em casa entao... Bando de merdas... cornos du caralho...

Nao sabem nem ler e vem querer enxer o saco... Essa katia aih, eh moh puta rampeira!

rudi e jana disse...

tive meu filho na maternidade darçy vargas a cinco anos e fui muito mal atendida.o dr.AMARAL esqueceu gaze dentro da minha cesariana e isso inflamou e tive que ficar duas semanas internada com a cirurgia aberta para poder fazer limpeza,pois afetou o musculo abdominal e perdi parte dele.por falta de atençao e cuidado dos medicos ,meu filho teve que ser reanimado na hora do parto,pois o dr.AMARAL me deixou 14 horas em trabalho de parto....um descaso total....

daniela pickler disse...

eu ja gostei muito do meu parto na maternidade,fui muito bem atendida,fizerão cesariana com hora e data marcada,como se fosse particular,sendo que foi tudo pelo sus,minha cesariana foi muito bem feita pelo doutor gabriel e meu pre natal foi todo feito pelo doutor amaral,que para mim foi um ótimo medico do começo ao fim de minha gestação.

Gisa disse...

Fui muito mal atendida na MDV, pois fiz meu acompanhamento no auto risco e nunca conheci meu medico um tal de Carlito.Me deixaram ficar até com 41 semanas de gestação ja não aguentava mais, nem dormir direito. Então fui internada para tirar o bebê, eu tinha contrações mais não dilatação, então me colocaram comprimidos pela vagina, para então dilatar, fiquei 12 horas em trabalho de parto, fui 2 vezes encaminhada para a sala de pré parto, fizeram o exame de toque e falaram vai ganhar só de madrugada.Me mandaram de volta pro setor, o que aconteceu? meu bebê nasceu na cama mesmo daquele quarto e quase caiu da cama, fora os deboches das enfermeiras que acharam que eu estava fazendo incenação.Ui que horas de horror, de descaso total a vida humana.Falta muito respeito ao próximo e profissionalismo, porque as gestantes estão la sofrendo, fragéis e os medicos e enfermeiros ficam conversando bobagem e rindo em plena sa de pre-parto.

Anônimo disse...

tive meu menino na maternidade darci vargas e fui muito bem atendida fiz cesaria e ocorreu tudo perfeitamente e minha recuperação foi otima
não tenho nada do que reclamar me trataram muito bem.
Tive quem me auxiliace na hora da amamentação e na hora de dar banho no meu bebê as enfermeiras me trataram muito bem

Eduardo André Assmann disse...

Sou Luciana Frazzon Assmann para mim , questionar o q é certo ou errado vai de cada pessoa.... tive dois partos realizados na MDV, um normal e o outro cesáriana porém a ultima gestação tive muitos problemas como hipertenção, diabetes, hipotiurodismo, anemia , e para ajudar pedras nos dois rins, o q fazia eu ter repetitiveis infecççoes urinaria,e para completar aplicava todos os dias uma dose de clexane para não correr o risco de fazer uma nova trambose, enfim a minha gestçao foi realmente de alto risco.... fiz meu pré natal lá e por várias vezes fui até a emergencia....fiquei inclusivel 7x inernada E nesse tempo todo conheci muitos funcionários e muitas pessoas q trabalham lá o que diferencia um do outro !!!? é que lá como em qualquer lugar existe pessoas seres humanos q tentam o máximo neutralizar os momentos em q todas estão passando e que irão passar, porém outros são meros funcionários q estão lá apenas pelo sálario......
passei por muitos momentos dificies, cheguei ir para a sala de parto no dia 04-05-11, porem me mandaram de volta para o quarto pois se eu estivesse fazendo uma nova trambose teria que ter uma UTI para mim na hora do parto, realizei o exame lá no Regional de cardiovascular no dia 06-05-11 e deu tudo certo realizaram o meu parto no dia 07-05-11 as 10:33 onde graças a Deus deu tudo certo estou ótima e o bebê melhor ainda....
ao contrario do fato ocorrido, eu só tenho agradecer a todas do setor C , AO Dr. Geam, a Dra Sabrina e muitas outras pessoas q lá trabalham ficarão para sempre no meu coração......

aninha disse...

bom,...no meu caso,..comecei a fazer meu pré-natal no postinho,...lá me disseram q eu estava c diabetes, e q deveria c cuidar,..um dia senti dores fortes, e fui p meternidade,.cheguei lá,.e fui atendida p uma medica super atenciosa,..estava tudo normal,..mas,...ela vendo meu cartão degestante,.viu q eu ja tive 2 abortos,..e q eu deveria estar fazendo o pré-natal na maternidade,..como era de risco minha gravides, mas me explicou, q nao era o caso d eu perder denovo,..pois ja estava c 7 meses,.mas sim,.de ter um bom acompanhamento,.entao marquei a consulta e tambem a medica foi muito legal,.eu tmb estava fazendo controle da pressaõ alta,.fazem 1 mes,+ou-...e e sempre esta alta...14/8 15/8...um dia decidi ir na emergencia p ver c fariam alguma coisa,..uma usg,...sei lá,..esse dia fuimuito mal atendida p um medico,..mal olhou p minhas maos q estavam inchadas, nem olhou direito meu cartao de controle, e disse q eu n estava c nada de pressao, e n sabia ok eu tava fazendo ali,..foquei pê da vida,..sai c tanta raiva de lá,..q nem peguei o nome dele,...enfim....por isso k acontecem tantos problemas,...afinal,..ja tive dois abortos,..e deveria ser tratada c mais respeito,..pois c trata de uma vidinha,...só tenho mesmo,..q pedir a Deus,...porque c depender dessas coisas,..q se dizem medicos,...estamos fritos!!!! agora , terça feira , tenho consulta no alto risco,na maternidade,..vamos ver ok a medica vai fazer, mas estou c fé,.q vou pegar a mesma medica da outra vez,.pois essa além de nos tratar bem,nos explica tudo,.. alguem ja teve pressao alta,.? sabem k tipo de exames vou ter k fazer? pois quero estar previnida,....valeuuuuu

lucia disse...

bom,...novamente aqui,..semana passada fui a uma consulta na maternidade,.estava c pressao alta denovo,..14/8...o medico disse q era p continuar a medir,..e talvez iria marcar a cesaria pra 37 semanas...entao,..hj fui dinovo p consulta,...estava c 17/10...e outro medico me atendeu,..disse q estava tudo bem comigo e com minha bebe...eu entao comentei sobre a cesaria, e ele me disse q ainda nao era tempo, e só me mandou ''medir a pressao'',....fiquei furiosa,..mas ok eu iria fazer? afinal,...um diz uma coisa,..e outro me diz outra,...ja nao sei ok faço...

A VIDA VALE A PENA disse...

entao o darci vargas continua a mesma merda sofri muito ,minha cunhada perdeu o filho tbm,mesmo caso desta mae acima e nao deu nem um mes morreu mais do mesmo modo ,fala serio alguem tem que fazer alguma coisa